Síndico Online

Área de Clientes: Clique Aqui

Gestão organizacional: uma análise da administração condominial | Imprimir |

Com o crescimento populacional em todo o mundo, surgiram vários problemas sociais, ecológicos, entre outros. Um dos problemas está relacionado à falta de espaço para comportar as pessoas nas suas moradias. Uma das soluções encontradas foi a verticalização das construções, com a criação de condomínios residenciais que comportam um maior número de pessoas ocupando menores áreas.

Na região de Blumenau, esse tipo de solução vem aumentando substancialmente, assim como na maioria das cidades brasileiras. Porém, viver em condomínio exige das pessoas mudanças na forma de agir e de pensar, pois a convivência passa a ser compartilhada por pessoas das mais variadas crenças e costumes e que precisam dividir espaços comuns, tendo que obrigatoriamente aprender a pensar no bem estar coletivo.

Nesse contexto, foi realizado um estudo para identificar como as diferenças específicas de cada condomínio podem gerar informações para uma análise global para este tipo de administração.

Foram coletadas informações de oito condomínios residenciais de Blumenau a partir de relatórios disponibilizados pela empresa Sindico Online Gestão Condominial Ltda. Foram levantadas as principais despesas ordinárias dos oito condomínios residenciais. Foram pesquisados também os diversos problemas que fazem parte do dia a dia de cada um dos condomínios.

Algumas conclusões da pesquisa:
a) Os serviços de vigilância física (12 e 24 horas), zeladoria e limpeza estão sempre entre os três maiores gastos.
b) Os serviços de zeladoria e limpeza, além de variar com o horário trabalhado e a quantidade de funcionários, podem apresentar diferenças nos valores do vale alimentação, insalubridade e taxa de administração da empresa contratada.
c) Os gastos com energia estão diretamente ligados ao tamanho da área comum do condomínio e o tipo de iluminação utilizada, além da utilização ou não de sensores, minuteiras e fotocélulas.
d) Os valores gastos com honorários administrativos (síndico e administração) variam com o tamanho do condomínio, tempo de “contrato” e outros tipos de negociação.

e) Nos últimos tempos as despesas com água assumiram o posto de maior despesas do condomínio, pois daquele consumo também aumenta em mais de 10% o mesmo valor no item "Taxa de esgoto".

Ao analisar os problemas dos diversos condomínios observou-se que alguns são comuns a todos, independente do tamanho.

Foi observado também que existem diferenças de cultura entre os condomínios, ou seja, cada condomínio requer da administração um tipo de atitude. Os mesmos problemas podem ser resolvidos de formas diferentes, dependendo do condomínio, uns com maior rigor do que outros. 

A quantidade de apartamentos certamente é um dos fatores que pode afetar a necessidade do aumento do rigor, mas não é uma regra. Existem moradores que independente do grau de instrução ou classe social são intolerantes, anti-sociais, mal educados e acham que as regras são feitas para os outros.

Ao comparar os valores das taxas condominiais com a quantidade de apartamentos, observou-se que na maioria das vezes o condomínio com menor número de apartamentos apresenta um valor maior para cada condômino. No entanto, como cada condomínio possui particularidades, fica difícil analisá-Ios apenas pela quantidade de apartamentos. Itens como tamanho de área comum externa e interna, de lazer, quantidade de banheiros, possuir ou não piscina, serviço de vigilância (física ou eletrônica, monitorada ou não), quantidade de elevadores e tipo de equipamento é que fazem a diferença no valor da taxa condominial.

Foi constatado que a análise do valor da taxa condominial depende de uma série de fatores e que não deverá ser comparada levando-se em conta simplesmente a quantidade de apartamentos envolvidos. A pesquisa completa foi publicada em um artigo científico Revista Interdisciplinar de Ciências Aplicadas (Rica), publicação eletrônica do Ibes/Sociesc.

Sergio Luis dos Santos, formando em Administração de Empresas do Ibes/Sociesc
Norberto Tamborlin, administrador, especialista em Gestão da Qualidade

 

Segurança em Blumenau

Clique Aqui e Veja!


Você está em: Início Artigos Condomínio Gestão organizacional: uma análise da administração condominial

Desde 01/07/1999

Você é o visitante nº