Síndico Online

Área de Clientes: Clique Aqui

Como é o processo de cobrança judicial? | Imprimir |
  1. O Condomínio contrata um advogado, por conta própria ou através de sua Administradora, para entrar com uma ação no Juizado Especial Cível.
  2. O Juizado de Pequenas Causas não tem sido usado para este tipo de conflito.
  3. O inadimplente recebe do escritório de advocacia uma notificação de que será acionado judicialmente em 48 horas, se não quitar a dívida. Muitos casos são resolvidos ainda nesta instância.
  4. Se não der resultado, o Condomínio ou o advogado entram com a ação na Justiça.
  5. Para o Réu ser citado judicialmente, ele precisa ser encontrado pelo Oficial de Justiça e receber a notificação da ação.
  6. Se o Réu não for encontrado, uma alternativa é citá-lo por edital, publicado no máximo em 15 dias, uma vez no Diário Oficial local, e pelo menos duas vezes em jornal local. Este é um procedimento oneroso, mas pode ser cobrado do inadimplente, junto com a dívida e os honorários do advogado.
  7. Assim que o Réu for encontrado e notificado, ou o Edital publicado, o Juiz designa uma audiência para os próximos 60 dias
  8. Na audiência, é tentada a conciliação entre as partes.
  9. Se não houver acordo, o Juiz colhe a defesa do devedor, e determina que o Condomínio se manifeste sobre a defesa no prazo de 10 dias.
  10. Em seguida, o Juiz sentencia o processo.
  11. Até a obtenção da sentença, leva-se em média 6 meses.
  12. Passa-se, então à execução da sentença, inclusive com a Penhora do apartamento, se for necessário.

 

 

 

Segurança em Blumenau

Clique Aqui e Veja!


Você está em: Início Artigos Perguntas e Respostas Como é o processo de cobrança judicial?

Desde 01/07/1999

Você é o visitante nº